5 POEMAS DE GRAZIELA JACQUES PRESTES

Planeio

Esquecer-se no ninho
Dá frio na espinha
Seguem
As formigas da terra
As gaivotas do céu

Visão turva também faz curva
Voa, meu irmão

Beijo nuvem

Há um beijo molhado ao redor
manso, doce, suave
Há um beijo molhado ao redor
paira, olha, toca
eu, você, todo lugar

Amor eterno

O sonho desta noite te trouxe de volta
quentinho, bem pertinho de mim
olhar sorriso dócil manso
nós dois em nosso secreto jardim

Te vejo

A cada vez que te vejo
delicio-me com teu sorriso
A cada vez que te vejo
suspiro repousada em tuas gentilezas
A cada vez que te vejo
meu coração se enche de futuro
A cada vez que te vejo
pesa nosso passado de esperanças
A cada vez que te vejo
um som curto cala
A cada vez que te vejo
te adio

Não quero mais me separar

Não quero mais me separar
do meu caderno de fazer versos
nele
deposito meus poetas arrebóis
oiço seus iluminares
me convenço de mim
desapeio do mundo
como fora querubim

Não quero mais me separar
dos meus iguais irreverentes loucos de cara
Não quero mais me separar
de toda forma de esgar
Não quero mais me separar
de você no meu olhar

Graziela Jacques Prestes é formada em Letras pela UFRGS (1996) e mestre em Linguística Aplicada pela PUC/RS (2003). Lecionou em Instituições de Ensino Superior de 2003 a 2016. Atualmente trabalha com Ensino Fundamental e Médio e mantém a página
https://www.facebook.com/aulasdeportuguescomgrazi/

1 comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s