DE ‘MENINA DE TRANÇAS’, DE LILIAN ROCHA

DESARRANJO

Canções desafinadas
Arrebentam
Os acordes
Esticados
Em pausas
Intermináveis
Do descaso
Dissonante
Da tua arrogância
Cantada
Em verso
E prosa
No arranjo
Descompassado
Nota por nota
Na semiótica
Da tua falsa
Partitura
Tenha DÓ
E sustenha
A tua FÁ LÁ!

AMOR NEGRO

Amo
A tua pele
Negra
Misto
De paixão
E magia
Corpos
Em fusão
Ancestralidade
Nua e crua
Na boca
Que estremece
Na coxa
Que aperta.
Meu ébano precioso
Contigo ouço
O ressoar dos tambores
O toque cadenciado
Dos berimbaus
A voz profunda
Do nosso amor
Negro carnal.

Esta imagem possuí um atributo alt vazio; O nome do arquivo é separador2.jpg

GARGANTA

Na garganta
Um grito mudo
Paciência mulher…
Cansei de paciência
De inocência
Roubada
E do sorriso
Estampado no rosto
Como cartão de visita
Quero que o meu grito
Ecoe
Reverbere
E ressoe
Em todas as mulheres
Peito a peito
Olho no olho
Sororidade
De manas
Que se reconhecem
E amanhecem
Transformadas
Pela vibração
De cada voz feminina
Liberta, igual
Salve
Negra bendita.

Esta imagem possuí um atributo alt vazio; O nome do arquivo é separador2.jpg

MARCAS

Na pele a marca
Do rasgo profundo
Cerzido
Pelas histórias distorcidas
De um povo
Roubado em suas memórias
Seu grito calado
Revela ira
Que reverbera em seu peito
Sufoco
Mas não morro
Sou um sobrevivente!
Fui rei, guerreiro, trabalhador
Escravizado, liberto, enganado
Desempregado, favelado, presidiário
Amaldiçoado.
Fui princesa, mãe, trabalhadora
Escravizada, ama de leite, violentada
Liberta, enganada
Prostituída, sexualizada
Rebaixada, humilhada.
Chega! Meu grito não mais se cala
Agora ressoa
Respeite a minha tez
Fruto da origem da Vida
“Gen” de todos os povos
Dos meus olhos
Não sairão mais lágrimas salgadas
Mas sim o vislumbre
Da saga vencida!

Esta imagem possuí um atributo alt vazio; O nome do arquivo é separador2.jpg

URBANISMO

A senzala
Urbana
Expulsa
Dos grandes centros
Reverbera
Seus atabaques
Nas encostas dos morros.
Ao centro
A Casa Grande
Sufocada e murada
Surta!

Lilian Rocha é natural de Porto Alegre, é Farmacêutica e Analista Clínica (UFRGS), Especialista em Homeopatia (ABH), Musicista (Liceu Palestrina) e Escritora. Autora dos livros A Vida Pulsa- Poesias e Reflexões (Alternativa), 2013, Negra Soul (Alternativa), 2016 e Menina de Tranças (Taverna), 2018. Coautora do livro Leli da Silva- Memórias: Importância da História Oral (Alternativa), 2018. Coorganizadora da Antologia Sopapo Poético- Pretessência (Libretos), 2016. Membro da Coordenação do Sarau Sopapo Poético- Ponto Negro da Poesia, Acadêmica da Academia de Letras do Brasil- Seccional RS (ALB-RS), Diretora de Organizações Sociais da ALB-RS, Conselheira da Associação Negra de Cultura (ANdC), Membro da Sociedade Partenon Literário e da Internacional Writers and Artist Association (IWA), Acadêmica da Academia União Cultural e Membro da Comissão da Verdade da Escravidão do Rio Grande do Sul (OAB-RS). Seus poemas são publicados em diversos sites, blogs, antologias, revistas e redes sociais.

🛒 Clique e encomende o seu exemplar

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s