‘QORPO SANTO’, por Preqaria Companhia de Teatro

SOBRE A PEÇA

O espetáculo “Qorpo Santo” é uma colagem-livre dos textos mais conhecidos do escritor maldito José Joaquim de Campos Leão – Qorpo Santo (1833-1883).     Poeta, jornalista e anarquista, considerando louco por seus pares em sua época, foi perseguido pelas autoridades imperiais, no final do século passado, sendo internado em um sanatório. Qorpo Santo, criou no século XIX uma escrita ousada, genial, desconsiderada pelos seus contemporâneos. A originalidade de sua obra foi reconhecida pela crítica especializada. Houve quem afirmasse ser ele o precursor mundial do Teatro do Absurdo, mesmo que inconscientemente, só depois dos movimentos de vanguarda do início do século XX e das características sociais da contemporaneidade é que se pôde ler Qorpo Santo e descobrir sua genialidade.

O espetáculo é uma farsa cômica, faz um cruzamento de três textos onde se pode observar também o drama pessoal do incompreendido dramaturgo: O Credor da Fazenda Nacional é uma paródia sobre a burocracia, conta sobre a absurda via-crúcis de um cidadão que tenta exaustivamente receber do governo o que lhe é devido, as agruras sofridas, que o deixa refém das resoluções de funcionários públicos. As Relações Naturais trata dos desejos reprimidos, do erotismo exacerbado e dos pecados da carne, praticamente um manifesto as avessas sobre religiosidade, sexualidade e a família. Mateus e Mateusa é sobre as irônicas relações de amor e ódio de um casal de velhos e suas três filhas em que os personagens se agridem mutuamente. Nessa família há chantagens emocionais, suborno, solidão e, é claro, a vida em comum.

Sob a direção conjunta de Yuri Simon e Iolene Di Stéfano o espetáculo “Qorpo Santo” surgiu como uma pesquisa sobre o grotesco e o trabalho de bufão, uma tentativa de desconstrução do cotidiano, inspirado em imagens surrealistas, nos manifestos antropofágicos e tropicalistas. Tem como principal objetivo homenagear o autor e resgatá-lo do brutal esquecimento do qual é vítima. O espetáculo procura ser irreverente, descompromissado e despretensioso, mas fiel à figura de Qorpo Santo. A montagem é o trabalho de formatura do SKENÉ – Curso de Teatro do SESC-MG, Unidade Tupinambás, em Belo Horizonte.

Conheça este e outros espetáculos em preqaria.com.br

(Este espetáculo não está mais no repertório da companhia.)

NÃO-FICÇÃO OUTRAS MÍDIAS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: