A LITERATURA SUL-RIO-GRANDENSE DE 1976 – 2016: PRODUÇÃO, DISSEMINAÇÃO E CONSUMO

O Instituto Estadual do Livro apresenta aqui “A Literatura Sul-Rio-Grandense de 1976-2016”, obra que preenche uma lacuna significativa nos estudos sobre a literatura no Rio Grande do Sul. A obra delineia um panorama quantitativo e qualitativo de livros e autores publicados nas últimas décadas no estado e analisa os dados resultantes de forma clara e sucinta, abrindo uma ponte entre o mundo acadêmico e o público em geral. Seu intuito é trazer subsídios para reflexões tanto aos pesquisadores do tema quanto a leitores, professores, bibliotecários, editores, gestores culturais que promovem as políticas públicas por meio de seus programas de incentivo à leitura e demais interessados em obter uma visão global das publicações.

Clique na capa para download.

Essa análise é conduzida ao longo de diversos artigos, escritos pelos pesquisadores da área da Biblioteconomia e de Letras/Literatura, que investigam e discutem múltiplos aspectos dos dados e confrontam diferentes problemáticas por eles suscitadas. Assim procedendo, apontam uma variedade de caminhos que podem ser tomados na pesquisa acadêmica, nos desafios e estratégias do setor editorial e no ensino escolar, além de eventualmente orientar leitores na busca de escritores e livros de sua preferência. Nesta pesquisa, há um mapeamento de quem foram os escritores gaúchos que publicaram suas obras no período de 1976 a 2016 e os gêneros e subgêneros literário aos quais esses escritores se dedicaram. Os dados revelam um retrato que colabora para a preservação da memória da literatura sul-riograndense e o testemunho de seu tempo por cada autor. A pesquisa ainda possibilita que os escritores possam reconhecer a si e conhecer os seus pares. Oferece também subsídios para novas reflexões sobre o sistema literário e a circulação das obras literárias de escritores gaúchos e do consumo de sua produção.

Parte dos dados que fundamentam a obra já haviam sido apresentados em outra ocasião, durante evento que integrou a programação do Instituto Estadual do Livro na 65ª Feira do Livro de Porto Alegre. O apoio ao projeto atende aos objetivos do instituto em sua missão de estimular a leitura e produção literária gaúcha e preservar a memória cultural do estado. Os resultados desta pesquisa certamente contribuirão para tomadas de decisões de modo a avançarmos no fortalecimento e na continuidade das políticas públicas que a Secretaria de Estado da Cultura, por meio do Instituto Estadual do Livro, vem desenvolvendo ao longo destes 67 anos de IEL. Esperamos aqui fomentar e instigar os estudos e o debate sobre nossa literatura, bem como a expansão e continuidade de pesquisas semelhantes, com efeitos multiplicadores para o incentivo à leitura e à escrita e o fortalecimento da cadeia produtiva do Livro.

Patrícia Langlois
Diretora do Instituto Estadual do Livro

NÃO-FICÇÃO

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: