Categoria: FICÇÃO

De ‘O JOVEM ARSENE LUPIN E A DANÇA MACABRA’, de Simone Saueressig

3 – QUASÍMODO Na manhã seguinte, Paris despertou com um estremecimento. “Despertou”, se é que a capital dormia. Aparentemente, nas sombras da cidade-luz, coisas macabras jamais descansavam. A notícia que corria solta tornava o incrível quase concreto e dava contornos ainda mais sinistros ao misterioso vulto noticiado pelos jornais, dias antes. Da Porte Saint-Denis ao…

Leia mais De ‘O JOVEM ARSENE LUPIN E A DANÇA MACABRA’, de Simone Saueressig

A TRAVESSIA, por Antonio Prates

(Homenagem a Sergio Faraco) Estava bebendo canha no bolicho do Chico Bugre, um casebre de madeira cuja última mão de tinta deve ter sido dada no tempo das Missiones. Pelo menos assim o descreveu Seu Quintino, que tomava também seus tragos, de pé, junto ao balcão. Quintino estava tão borracho que deu pra falar bonito,…

Leia mais A TRAVESSIA, por Antonio Prates

ELOGIO ÀS ESCADAS, por Cristiano Fretta

A arquitetura como construir portas,de abrir; ou como construir o aberto;contruir, não como ilhar e prender,nem contruir como fechar secretos;contruir portas abertas, em portas;casas exclusivamente portas e teto(…)Fábula de um arquiteto – João Cabral de Melo Neto Os primeiros passos eram amplidão branca e deslumbrante que se explodia em luminosidade e acabava por dilatar as…

Leia mais ELOGIO ÀS ESCADAS, por Cristiano Fretta

O CLUBE, por Gustavo Lagranha

“Nem tudo que brilha é relíquia nem joia”Racionais MCs – Eu sou 157 Dois, um e meio, dois e meio, será? Diôni tentava calcular de cabeça, para se distrair, quanto custavam os carros estacionados em frente ao beach club California Nation. Até então, um Maserati, um Porsche – não desses mais baratos, de setecentos mil,…

Leia mais O CLUBE, por Gustavo Lagranha

‘EQUADOR’, DE MIGUEL SOUSA TAVARES

Por Claudio Corrêa Noronha O autor, Miguel Sousa Tavares, é segundo filho do advogado, jornalista e político português Francisco de Sousa Tavares e da escritora e intelectual Sophia de Mello Breyner Andersen. Esta é considerada a maior poeta portuguesa de todos os tempos; ganhadora do Prêmio Camões, teve, postumamente, seus restos mortais transladado para o…

Leia mais ‘EQUADOR’, DE MIGUEL SOUSA TAVARES

‘EU AMO DICK’, DE CHRIS KRAUS

Por Fabrício Silveira O livro Eu Amo Dick nos impõe inúmeros desafios. Lançado originalmente em 1997, a obra de Chris Kraus foi reeditada em 2006, tendo saído no Brasil em 2019, com tradução de Taís Cardoso e Daniel Galera, pela editora Todavia. O livro já foi saudado como um manifesto feminista, muito oportuno, forte e…

Leia mais ‘EU AMO DICK’, DE CHRIS KRAUS

‘GNAISSE’, DE LUÍS CARMELO

Por Ronaldo Lucena Este é o primeiro livro da trilogia sobre o amor do escritor português Luís Carmelo (Por mão própria e Sísifo são os outros dois romances).  Narrado em primeira pessoa, como uma armadilha que nos faz embarcar no universo, por vezes desconexo em sonhos e visões, de um professor apaixonado por uma aluna…

Leia mais ‘GNAISSE’, DE LUÍS CARMELO

‘OBRIGADO’, DE ANDRÉ NEVES

Por Antônio Shimeneck Entre as leituras de 2020, o ano fatídico, há um livro para se voltar a ele muitas vezes. É do pernambucano André Neves, autor e ilustrador que já deixou sua marca na literatura não só do Brasil como do mundo, já que suas obras têm sido traduzidas para vários países. Publicado pela…

Leia mais ‘OBRIGADO’, DE ANDRÉ NEVES